A moda e o cinema

Quem curte a página do blog no facebook sabe, fiz um questionário hoje que ainda tá rolando sobre quais as coisas que vocês mais gostariam de ver por aqui. Isso é legal porque promove certa interatividade lado de cá (eu) com o lado de lá (você)… hehe

Como vi que História da Moda era o que tinha mais votos (e que por sinal amo), vou fazer uma série de a Moda e o Cinema, estilistas que criaram figurinos para o cinema.

A moda e o cinema tem uma relação importante desde o surgimento da sétima arte – A expressão “sétima arte”, utilizada para designar o cinema, foi criada em 1912 pelo italiano Ricciotto Canuto.

É importante citar o papel dos Estilistas em grandes obras do cinema. Vamos começar com CHRISTIAN DIOR (Granville, França, 1905 – Montecatini, Itália, 1957)


“Ninguém muda a moda — uma transformação se impõe quando chega a hora. Foi porque as mulheres desejavam se vestir como mulheres que elas adotaram o New Look.”

Após o primeiro desfile da Maison Dior, o mundo, ainda em racionamento, ficou em choque com as saias imensas, caras e que gastavam muito pano, lançadas com sucesso de público pelo estilista.

Em Hollywood, as filmagens foram suspensas até que figurinos com as novas formas ficassem prontos. As maiores estrelas, as rainhas mais ricas, a revista Time… todos queriam Dior.

Fez vestidos inacreditáveis para Dietrich em dois filmes. Conta-se que, mesmo a estrela sendo sua amiga, Dior só revelava os desenhos em cima da hora, com receio de que ela os levasse para Travis Banton, seu figurinista favorito em Hollywood, que poderia copiá-los.

Em 54 concorreu ao Oscar de melhor figurino por Quando a mulher erra (perdeu para Sabrina).

(Fashion; Filme, 2003, p. 25).


Christian Dior criou o figurino dos filmes:

  • *A cama de dossel (Le lit a Colonnes), Roland Tual, 1942
  • *Na estrada do céu (No highway in the sky), Henry Koster, 1951 [figurinos para Marlene Dietrich]
  • *A filha do embaixador (The ambassador’s daughter), Norman Krasna, 1956

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Deixe um comentário